Geografia das drogas Ilícitas e do sistema bancário-financeiro global; Geopolítica da segurança e da defesa

A Iconografia das Drogas Ilícitas na Imprensa: 1975-2002.

A questão das drogas ilícitas vem adquirindo visibilidade mundial nas últimas décadas. Neste contexto, a produção de imagens é uma ferramenta com alto potencial para divulgar representações específicas sobre a temática. Entre os vários tipos de imagens que servem a este propósito, aquelas veiculadas na imprensa escrita sob a forma de mapas esquemáticos são particularmente (Leia mais…)

A cartografia jornalística sobre as drogas ilícitas na imprensa brasileira: omissões e destaques nos mapas jornalísticos

A produção cartográfica sobre as drogas ilícitas cresceu na imprensa brasileira nos últimos 30 anos, estimulada tanto pela grande visibilidade que a temática adquire, como pelo desenvolvimento técnico que acentua a frequência dos mapas jornalísticos. No entanto, embora a comunicação de informações sobre as drogas seja feita com o uso frequente de mapas, as reflexões (Leia mais…)

A Estratégia Nacional de Defesa, a Geografia do tráfico de drogas ilícitas e a Bacia Amazônica Sul-Americana

O tráfico ilícito de drogas é um tema bastante complexo e só será possível fazer aqui uma breve discussão a respeito. O foco é a Bacia Amazônica Sul-americana e a produção e trafico de coca – cocaína, responsável pela formação de um espaço em rede que integra a parte brasileira aos outros países drenados pela (Leia mais…)

A experiência colombiana e seu impacto na segurança da América do Sul

Nas última duas décadas, a trajetória da Colômbia no âmbito da segurança e defesa tem sido relevante para pensar alguns dos principais desafios colocados para os demais países e para as configurações regionais de segurança na América do Sul. Após a escalada dos conflitos internos associada à falência da capacidade de resposta do Estado colombiano (Leia mais…)

A pequena empresa e os desafios da reestruturação geoeconômica do mundo atual

A crise vivida pelo modelo de desenvolvimento capitalista nas economias centrais, a partir da década de 1960, impôs novas formas de produção, organização do trabalho e regulações que propiciaram o surgimento de estruturas territoriais formadas por micros, pequenas e médias empresas, voltadas para um desenvolvimento localizado e macro-estruturas regionais articuladas ao mercado externo, como o (Leia mais…)

A rede bancária na Amazônia Legal

O presente trabalho tem a finalidade de abordar a temática do sistema bancário-financeiro.  Deriva de um esforço de compreensão que inclui tanto o processo de urbanização verificado na Amazônia Legal quanto à política de integração econômica da região ao mercado econômico nacional, os quais se encontram intimamente associados à expansão da rede de agências bancárias (Leia mais…)


Design e desenvolvimento: SteimanKnorr.com