Produção

A rede bancária na Amazônia Legal

O objetivo principal é analisar a disposição espacial das agências bancárias na Amazônia Legal, mostrando sua relação com a urbanização e com a política de integração econômica da região ao mercado nacional. Dentro desta perspectiva , a rede de agências bancárias instalada na região aparece como importante indicador para inferir o dinamismo ou a estagnação econômica de determinadas cidades da Amazônia Legal.

Será enfocado, também, a distinta estratégia locacional bancária dos bancos privados e públicos e a especificidade na espacialização do sistema bancário da região por se tratar de uma fronteira de povoamento, caracterizada pelo aparecimento de novas cidades e por uma forte intervenção estatal.
Alguns resultados parciais do presente trabalho são: o núcleo urbano é um poderoso fator de atração das agências bancárias, uma vez que com o incremento da urbanização houve o gradual aumento de agências bancárias;  quanto maior o nível hierárquico da cidade, maior a possibilidade dela atrair clientes e negócios da região sob sua influência; os estados mais atrasados economicamente têm maior presença de bancos governamentais; os bancos privados são implantados em virtude do potencial de negócios dos clientes, enquanto que os governamentais podem ser instalados por motivos políticos.

Rodolfo, G. P. 1999. A rede bancária na Amazônia Legal. Anais da XXI Jornada de Iniciação Científica da UFRJ. Rio de Janeiro: UFRJ/CNPq.

Geografia das drogas Ilícitas e do sistema bancário-financeiro global; Geopolítica da segurança e da defesa

A rede bancária na Amazônia Legal

O presente trabalho tem a finalidade de abordar a temática do sistema bancário-financeiro.  Deriva de um esforço de compreensão que inclui tanto o processo de urbanização verificado na Amazônia Legal quanto à política de integração econômica da região ao mercado econômico nacional, os quais se encontram intimamente associados à expansão da rede de agências bancárias na Amazônia.

O capital bancário é um elemento preponderante na estruturação do espaço.  Com suas sedes sociais instaladas nas grandes cidades, os bancos exercem papel de controle sobre as atividades das cidades subordinadas e das suas respectivas áreas de influência ao drenarem um volume máximo de recursos financeiros oferecidos pelos clientes potenciais dos diversos núcleos urbanos.

[PDF]

Rodolfo, G. P. 2000. A rede bancária na Amazônia Legal. Monografia (Graduação em Geografia) – Departamento de Geografia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.


Design e desenvolvimento: SteimanKnorr.com